URGENTE: Maia e Doria tramaram impeachment de Bolsonaro, diz Paulo Guedes

PUBLICIDADE

“Tinha cronograma. Em sessenta dias iriam fazer o impeachment”, denunciou Paulo Guedes.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que ligou para todos os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) para desmontar um suposto plano para abrir o processo de impeachment contra o presidente da República, Jair Bolsonaro.

Guedes garantiu que o plano foi capitaneado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), “gente da Justiça” e outros governadores.

Em entrevista publicada pela revista Veja, nesta sexta-feira (18), o ministro denunciou:

“Tinha cronograma. Em sessenta dias iriam fazer o impeachment. Tinha gente da Justiça, tinha o Rodrigo Maia, tinha governadores envolvidos.”

E acrescentou:

“O Doria ligou para mim e disse assim: ‘Paulo, é a chance de salvar a sua biografia. Esse governo não vai durar mais de sessenta dias. Faz um favor? Se salva’.”

*Renova Midia

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *