URGENTE: Crime eleitoral no CEARÁ envolvendo Irmão de Naumi Amorim, candidato de Ciro Gomes

PUBLICIDADE

A Polícia Civil do Ceará prendeu cinco homens suspeitos de crime eleitoral em Caucaia, na Grande Fortaleza, na manhã deste sábado (28).

Conforme a Secretaria da Segurança Pública, os policiais pararam e abordaram um grupo em veículo no Bairro Parque Potira. No veículo, os policiais encontraram sacos de dinheiro com apoiadores de Naumi Amorim. 

A polícia foi informado o valor apreendido e nem para quem os suspeitos trabalhavam na tentativa de compra de voto. 

A campanha de Naumi Amorim, no entanto, confirmou que teve apoiadores presos na operação. A coligação do candidato afirma que apura mais detalhes para se posicionar sobre o caso. 

Por se tratar de crime eleitoral, os suspeitos foram encaminhados para a Polícia Federal, onde devem prestar depoimento. 

A prisão ocorreu durante vistoria da “Operação Eleições 2020 – 2ºTurno”. Mais de quatro mil agentes da segurança do Ceará atuam na operação, além de reforço de tropas federais. 

O ministro do TSE, Luís Roberto Barroso, justificou o envio de tropas para Caucaia porque na cidade há uma “preocupação que recai sobre todos nós, sobre todos os tribunais regionais eleitorais (TREs), que é a violência por motivação política”. 

Disputa no 2º turno

Em Caucaia, segundo maior colégio eleitoral do Ceará, disputam no segundo turno o atual prefeito, Naumi Amorim (PSD) e Vitor Valim (Pros)

No primeiro turno, Naumi foi o candidato mais votado e obteve 40,95% dos votos válidos. Vitor teve 27,88% dos votos válidos.

G1

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *