Análise feita pela Polícia Federal em conjunto com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontou que o suposto ataque hacker que acessou dados pessoais de funcionários do tribunal foi mais amplo e teria ocorrido neste ano.

O invasor, aponta a apuração inicial, acessou dados de 2020, como endereços e telefones, no Portal do Servidor, um sistema administrativo e sem relação com o processo eleitoral. A informação inicial, porém, era de que esses dados se referiam apenas ao período de 2001 a 2010.

A suspeita é de que o ataque tenha acontecido antes de 1º de setembro porque o material não mostra informações registradas nos arquivos do TSE após o dia 2 daquele mês.

*Terra Brasil noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Talvez você queira saber disso

Ex-Veteranos da Globo jogam a merda no ventilador expondo emissora

Existia na emissora ‘quartinho do pó’ e do ‘c*’. A atriz Maria…

Bolsonaro convida Sergio Meneguelli para almoçar em Brasília

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, realizou uma ligação para o…

Por essa ninguém esperava ‘Sergio Moro assume cargo de diretor em empresa de consultoria em SP’

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro foi anunciado neste domingo (29) como…

Dilmou: Ex-presidente Dilma passando vergonha novamente com suas pérolas

A ex-presidente da República, Dilma Roussef (PT), foi até as redes sociais…

Anvisa cala a boca de Doria sobre vacina sem AVAL

Anvisa emite nota oficial e rebate Doria sobre possível aplicação da vacina…

Em sessão do STF, Toffoli aparece com marcas no rosto

Nesta quarta-feira (25), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli,…