Telegram ultrapassa WhatsApp após app alterar políticas de privacidade

PUBLICIDADE

As mudanças na política de privacidade do WhatsApp têm se mostrado desastrosas dia após dia, com o crescimento vertiginoso dos concorrentes e a queda da plataforma de mensagens instantâneas mais utilizada no mundo.

Segundo a plataforma Sensor Tower, o Telegram passou para a liderança como app mais baixado entre os usuários de iOS e o Signal em telefones Android. Em ambos os sistemas, o WhatsApp agora é o 3°.

A alta de downloads dos rivais nos últimos dias é devido ao fato de que o WhatsApp vem informando aos usuários que vai passar a compartilhar os dados de seus utilizadores com o Facebook, o Instagram e o Messenger. Usuários que não aceitarem os novos termos até o dia 8 de fevereiro poderão ter sua conta excluída.

Diante do fato, internautas se revoltaram contra a plataforma e começaram a buscar novas alternativas. Com isso, apps como Telegram e Signal têm sido muito procurados nos últimos dias. Na última terça-feira (12), Pavel Durov, fundador do Telegram, registrou a chegada de 25 milhões de novos usuários ao app desde sábado (9), fazendo com que o app ultrapassasse a marca de 500 milhões de usuários ativos.

Vale lembrar que o PUBRNoticias já possui um canal no Telegram no qual você pode ficar atualizado e acompanhar as principais notícias. Basta clicar neste link e seguir a página.

Outro aplicativo que teve grande ascensão desde a última semana é o Signal. Na quarta-feira (13), o aplicativo de mensagens tornou-se o app gratuito mais baixado na Play Store brasileira. Além disso, a plataforma ganhou o apoio público do bilionário Elon Musk.

POLÍTICOS COMEÇAM A MIGRAR PARA O TELEGRAM
Aproveitando o momento de popularidade da plataforma, diversos políticos começaram a migrar para o novo mensageiro, entre eles o presidente Jair Bolsonaro. Em um anúncio feito em suas redes sociais na última terça-feira (12), o chefe do Executivo divulgou o link para a página dele no sistema.

Outra personalidade política a aderir ao Telegram foi a deputada Bia Kicis (PSL-DF). No último domingo (10), Bia escreveu em seu Twitter que agora deve intensificar o uso da rede de mensagens, já que possuía uma conta na plataforma que usava pouco.

TELEGRAM BRINCA COM SITUAÇÃO DO WHATSAPP
A plataforma não perdeu a oportunidade de brincar com o momento de queda do concorrente e da alta de seus downloads. Em uma postagem no último domingo, o mensageiro usou até o famoso “meme do caixão” para zombar da queda do rival.

*Pleno News

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *