STF cria ‘zona de proteção ao crime’

PUBLICIDADE

Wilson Witzel (PSC), governador do Rio de Janeiro, enviou uma manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF) em que culpa a Corte por suposto aumento de ações da criminalidade em favelas. 

No último dia de junho, o ministro Edson Fachin concedeu medida cautelar para que “não se realizem operações policiais em comunidades do Rio de Janeiro durante a epidemia da covid-19”.

Nesta terça-feira (4), o plenário do Supremo formou maioria para confirmar a proibição das operações policiais durante a pandemia de coronavírus.

De acordo com a polícia do Rio, a decisão do STF cria uma “zona de proteção ao crime organizado”, informa o portal UOL e o renova Midia.

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *