“Prefiro a vida de um policial militar do que de 111 vagabundos”,dispara Bolsonaro

PUBLICIDADE

Em um evento ocorrido nesta terça-feira (15) na Ceagesp, o presidente Jair Bolsonaro defendeu o excedente de ilicitude e classificou como “vagabundos” os 111 presidiários mortos no massacre do Carandiru, em outubro de 1992.

“Entre a vida de um policial e de mil vagabundos, ou de 111 vagabundos, que é um número bastante emblemático, fico com a do policial militar contra a de 111 vagabundos”, disse Bolsonaro durante a reinauguração da Torre do Relógio na central de abastecimento.

As informações são do Portal BR7

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *