Onyx Confirma que Ministério do Trabalho deixará de existir

POLITICA

A proposta é para enxugar a maquina publica e promover agilidade no setor

O ministro-chefe da Casa Civil do Governo de Jair Bolsonaro, disse nesta manhã que o Ministerio do Trabalho deixará de existir, de acordo com o Ministro a pasta será integrada a outros ministérios, como o da Justiça, da Economia e da Cidadania.

“O Ministério do Trabalho ficará em parte com o Sergio Moro, na parte da concessão do imposto sindical, no Ministério de Justiça e Segurança. A outra parte, no caso de políticas, emprego, ficará parte no Ministério da Economia e outra parte no Ministério da Cidadania”, afirmou Onyx Lorenzoni.

LEIA MAIS

Ministério do Trabalho deixará de ser cabide de emprego e sera anexado a outra pasta

+Alexandre Garcia descumpre norma da Globo e elogia Bolsonaro em rede social e texto viraliza.

+Urgente: Onyx Lorenzoni vai à OAB questionar honorários de advogados do esfaqueador de Bolsonaro

Onyx tambem confirmou que o futuro governo terá 22 ministérios a partir de 2019, sete a mais do que os 15 prometidos por Bolsonaro durante a campanha presidencial.

“Serão 20 ministérios funcionais e dois eventuais”, explicou o futuro ministro. Segundo ele, o Banco Central e a Advocacia-Geral da União, que já têm indicados, também perderão o status de ministério. A mudança depende da aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *