Connect with us

‘Não sou e nunca fui bolsonarista’ dispara Janaina



Governo

‘Não sou e nunca fui bolsonarista’ dispara Janaina

A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) reagiu nesta segunda-feira, 17, às críticas que têm sofrido de pessoas que a acusam de ter ido na carona de Jair Bolsonaro para se eleger e, agora, faz críticas ao presidente.

Através das redes sociais, a deputada afirmou claramente que nunca foi “bolsonarista”. Numa forte reação, Janaina afirmou que os bolsonaristas “não passam de petistas ao contrário”.

“Na convenção do PSL, eu disse, olhando nos olhos do então candidato à Presidência, ser fiel ao Brasil e não a ele pessoalmente. Disse que o apoiaria, em razão de, naquele momento, ele ser o único com condições de vencer o PT”, afirmou. “O discurso foi público, veiculado para o Brasil inteiro e, sabidamente, incomodou muito os bolsonaristas, algo que nunca fui e nunca disse ser. Jamais menti ao então candidato e ao agora Presidente. Bolsonaristas não passam de petistas ao contrário e eu disse isso há um tempão”, acrescentou.

Nas suas críticas, Janaina se defende da acusação de traição ao movimento que levou Bolsonaro ao Planalto. Ela lembra que nunca se comprometeu com um alinhamento político incondicional ao presidente.

“Quem me acusa de caronista e, por conseguinte, traidora, ou não tem memória, ou tem problema de cognição. Resgatem meu discurso na Convenção do PSL no RJ. Resgatem minhas entrevistas. Não sou e nunca fui bolsonarista. Sempre vi com reservas pessoas que se permitem adjetivar”, disse.

A deputada termina mandando mais um duro recado aos bolsonaristas, criticando-o por agirem sem inteligência.

“Se os bolsonaristas fossem inteligentes, não atacariam quem apoiou e apoia o Presidente deles. Nesse ponto, os petistas, por mais cegos que sejam, dão um baile nesse pessoal”

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia Mais:


Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Governo

To Top