Moro quer bloqueio de bens de alvos ligados ao terrorismo com urgência

“Será desastroso para o ambiente de negócio”, disse o ministro sobre o risco do Brasil sofrer sanções econômicas, políticas e diplomáticas.

Sérgio Moro, quer votar com urgência na Câmara dos Deputados o projeto de lei que atualiza e endurece regras de combate a criminosos e empresas envolvidos em lavagem de dinheiro e financiamento ao terrorismo.

De autoria do Executivo, a proposta está em tramitação desde 2018 e precisa ser aprovada, sob risco de o Brasil entrar na “lista negra” de nações não engajadas na prevenção a esses crimes.

Caso isso ocorra, o País pode sofrer sanções econômicas, políticas e diplomáticas de países como Estados Unidos e membros da União Europeia.

“Se o projeto não for aprovado o Brasil será suspenso do Gafi e será desastroso para o ambiente de negócio”, afirmou Moro, ao Estadão.

O Gafi é o Grupo de Ação Financeira contra a Lavagem de Dinheiro e o Financiamento do Terrorismo.

Com sede na Suíça, o Gafi promove leis e normas globais contra a lavagem de dinheiro. Em 2010, o grupo comunicou o Brasil de suas deficiências na adoção das resoluções do Conselho de Segurança da ONU para combate ao terrorismo.

Info: RENOVA

Leia Mais:

Manuela D’ávila faz textão atacando PT e PSOL

 

1 thought on “Moro quer bloqueio de bens de alvos ligados ao terrorismo com urgência

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *