PUBLICIDADE

A defesa do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro pediu ao ministro do STF Alexandre de Moraes que determine a realização de um novo interrogatório do chefe da Abin Alexandre Ramagem no inquérito sobre suposta interferência de Bolsonaro na Polícia Federal (PF).

O pedido foi feito após as acusações da revista Época sobre Ramagem ter supostamente realizado orientações sobre como anular a investigação da suposta “rachadinha” de Flávio Bolsonaro na Alerj.

“Uma das hipóteses criminais investigadas por esta autoridade policial diz respeito, justamente, a utilização de instrumentos estatais para atendimento de interesses particulares, especialmente a ‘blindagem’ de pessoas próximas ao coinvestigado, o Excelentíssimo Senhor Presidente da República Jair Messias Bolsonaro”, dizem os advogados de Moro.

No pedido, a defesa do ex-ministro ainda reatou as declarações de Bolsonaro na reunião ministerial de 22 de abril.

*TBN

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *