Maia tira sarro de MORO ‘Agora é consultor da Odebrecht’

PUBLICIDADE

O presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia ironizou, nesta segunda-feira (30), a possível candidatura do ex-ministro Sergio Moro à Presidência do Brasil em 2022.

O parlamentar fez referência ao novo cargo do ex-juiz, que agora é sócio-diretor da empresa de consultoria Alvarez & Marsal – que auxilia na recuperação judicial da construtora Odebrecht, um dos principais alvos da Operação Lava Jato.

– Agora Moro é consultor de uma empresa que presta serviço para a Odebrecht. Acho que ele já está encaminhado – esnobou Maia em entrevista ao UOL.

Na empresa, o ex-ministro irá coordenar o desenvolvimento de políticas antifraude e corrupção, em um gesto de afastamento da política.

Rodrigo Maia, que já está costurando alianças para lançar um candidato do centrão às eleições em 2022, afirmou que seu espectro político foi o “grande vencedor” das eleições deste ano.

– [Uma aliança de centro] Representa a capacidade de diálogo para abrir mão de certas convicções para que se possa construir uma candidatura forte, com apoio parlamentar. Esse foi o recado que saiu das urnas [em 2020] – pontuou.

Maia também defende uma ampla aliança, com a união grupos ideológicos historicamente distantes, como o PSD, o Progressistas e o PL – de centro – e partidos como PDT e PSB, mais alinhados à esquerda.

– Eu acho que seria histórico e um ganho para o Brasil juntar esses partidos que têm uma densidade no parlamento, tentando um projeto de país com convergências na economia. Seria o ponto mais difícil para chegar em um país com menos desigualdade e educação de melhor qualidade, e isso caminha em uma certa convergência. A votação do Fundeb provou isso – lembrou.

*Pleno News

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *