Lewandowski é favorável ao decreto do indulto de Natal e contrario aos interesses nacionais

OPINIÃO

O Ministro Lewandowski é chegado do Lula, apoia o induto de temer e não gosta de ouvir que o STF é uma vergonha.

 

Alem de defender que lula de entrevistas a jornal,  o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski foi quem deu o terceiro voto favorável à validade integral do decreto de indulto natalino editado pelo presidente Michel Temer no ano passado.

No entendimento de Lewandowski, o presidente da República tem poder garantido pela Constituição para definir as regras do indulto de Natal. Para o ministro, as regras não podem ser revistas pelo Judiciário. “O ato político ou de governo não é sindicável pelo Judiciário, diferentemente do ato administrativo de caráter vinculado”, defendeu o ministro.

LEIA MAIS

Lewandowski sensibilizado a atender pedido de Lula

+O plano para dar “induto a Lula” segue a todo vapor

+Gilmar Mendes também é uma vergonha

Hoje cedo, após ouvir de um passageiro que o Supremo Tribunal Federal (STF) é uma ‘vergonha’, o ministro Ricardo Lewandowski questionou se ele queria ser preso e pediu aos comissários da aeronave que partia de São Paulo com destino a Brasília nesta terça-feira, 4, que chamassem agentes da Polícia Federal. O passageiro é o advogado Cristiano Caiado de Acioli, de 39 anos. Ainda em São Paulo, Caiado gravou um vídeo em que diz ao ministro que tem vergonha da Corte e vergonha de ser brasileiro por causa do STF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *