Ultimas

Lava Jato nas ruas e o alvo e a Odebrecht

PUBRNoticias
Escrito por PUBRNoticias em agosto 21, 2019
Lava Jato nas ruas e o alvo e a Odebrecht
Junte-se a os outros

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

As nuvens negras continuam sobre a Odebrecht. Na semana passada, a Atvos teve que pedir recuperação judicial atolada numa dívida de R$ 12 bilhões. Ontem, a LyondellBassell se retirou da negociação para a compra da parte da empreiteira na Braskem.

Agora, num procesos que envolve Maurício Ferro, ex-diretor jurídico do grupo e genro de Emílio Odebrecht.

Bonat recebeu o aditamento da denúncia que o MPF ofereceu em agosto no âmbito da Lava-Jato.

Nele, constam operações de lavagem de dinheiro e o uso de conta não declarada na Suíça. O material incluído nos autos revela que Maurício Ferro determinou em 2013 aos responsáveis pelo departamento de propina da Odebrecht que enviassem US$ 8 milhões para uma conta de sua propriedade, aberta no banco suíço Sys.

Para a defesa de Ferro, os dados fornecidos pelo MPF da Suíça não poderiam ser usados pelo MPF do Brasil.

Mas Bonat decidiu pela validade do uso dos documentos. Para ele, no material há outros elementos de prova a respeito do recebimento de valores. Tais como provas de depósito, trocas de e-mails etc.

O juiz pede também que o MPF se manifeste acerca de uma reclamação feita pelas defesas de Ferro, Guido Mantega e Antonio Palocci (os dois ex-ministros também estão sendo denunciados): a de que apenas parte dos e-mails apreendidos no computador de Marcelo Odebrecht foram incluídos nos autos. Informações Oglobo.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *