Connect with us

Hacker queria vender mensagens da Lava Jato para o PT



NOTICIAS

Hacker queria vender mensagens da Lava Jato para o PT

O advogado de Walter Delggatti Neto, um dos presos por hackear celulares de autoridades brasileiras.

Queria vender mensagens da Lava Jato para o PT.

O fato foi revelado durante o depoimento de Gustavo Henrique Elias Santos que é amigo de Walter e participou do esquema criminoso.

Estas informações de acordo com o O Antagonista, foram repassadas pelo advogado de Gustavo.

“O Walter disse para ele que a intenção seria, no momento em que mostrou as mensagens, que a ideia era vender para o Partido dos Trabalhadores. Meu cliente narrou que o Walter tem uma certa simpatia pelo Partido dos Trabalhadores”, afirmou o advogado após o interrogatório.

O advogado disse que Gustavo falou apenas que havia uma intenção, mas que ele não sabe se de fato o material foi vendido ou entregue para alguém. Disse acreditar que isso aconteceu há três meses.

Coincidentemente, as investigações detectaram a movimentação de R$600 mil reais entre os suspeitos.

As movimentações são incompatíveis com a renda declarada de Walter e sua mulher que é de R$3 mil por mês.

Alem disso, a PF tambem encontrou R$100 mil na casa do suspeito.

Portanto, fazemos esta pergunta, quem pagou os hackers?

LEIA MAIS

Continue Reading
You may also like...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in NOTICIAS

Em alta

Advertisement

Facebook

POLITICA

To Top