Gravissimo: Militares venezuelanos estão assaltando pessoas em território brasileiro

Soldados da Ditadura de Nicolás Maduro estão invadindo território brasileiro e assaltando civis que buscam refugio em Roraima.

Na faixa de fronteira entre Brasil e Venezuela, exitem diversas trilhas que estão sendo utilizadas por refugiados que fogem da grave crise humanitária e do regime de Nicolás Maduro.  Estas trilhas estão se tornando palco de violência e dramas que se agravaram com o fechamento da fronteira entre os dois países.

Nas ultimas horas a parte mais perigosa desta travessia clandestina, na região, foi palco de dois conflitos entre manifestantes venezuelanos e militares da Guarda Nacional Bolivariana (GNB).

Num destes confrontos, os militares venezuelanos chegaram a atirar bombas de gás lacrimogênio e tiros de munição real, dentro do território brasileiro.

Assalto na trilha

De acordo com a reportagem da Folha, venezuelanos que chegavam ao Brasil informavam que militares do regime Maduro estavam atacando e assaltando migrantes do lado brasileiro.

A equipe do jornal foi perseguida por dois soldados venezuelanos. Eles tentaram alcançar o grupo, que incluía um casal formado por uma venezuelana e um paulista.

A reportagem informou que, dois membros do grupo ficaram para trás e foram alcançados pelos militares venezuelanos. Mesmo estando do lado brasileiro, ficaram sob a mira de fuzis do exército de Caracas e foram obrigados a entregar as duas malas no lado venezuelano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *