Governadores vão pra cima de Doria

PUBLICIDADE

“Isso é um constrangimento para nós”

Nesta terça-feira, 8, na reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, governadores reclamaram da arrogância do governador de São Paulo, João Doria (PSDB). 

O motivo das queixas foi o anúncio prematuro por parte do governo paulista feito nesta segunda-feira, 7, de que a vacina será aplicada a partir de 25 de Janeiro. Além disso, o tucano também adotou um discurso arrogante durante a reunião com os colegas.

De acordo com a Folha, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), foi o mais contundente ao dizer que nenhum estado têm a prevalência sobre os outros.

“O Ministério da Saúde não pode abrir espaço para nenhum estado querer se arvorar na frente de outro” 

O demista goiano também reclamou de alguns detalhes para que os prefeitos do estado possam ter acesso a vacina e cobrou o Ministério da Saúde. 

“Não posso admitir que um prefeito do meu estado tenha sido convidado para se cadastrar no governo de São Paulo para receber a vacina. Como pode São Paulo dizer que em 25 de janeiro inicia a vacinação e que quem for para São Paulo vai ser vacinado? Isso é um constrangimento para nós, governadores. Nós por acaso somos incompetentes? Essa situação é prerrogativa do Ministério da Saúde”

Além de Caiado, outros governadores como Camilo Santana (PT-CE) e Eduardo Leite (PSDB-RS) também ficaram insatisfeitos com a postura de Doria.

*TBN

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *