Esse puxou o papai: Lulinha tenta anular investigação sobre pagamentos da Oi

PUBLICIDADE

lar toda a Operação Mapa da Mina, deflagrada há um ano para investigar os pagamentos da Oi a empresas ligadas ao filho de Lula.

De acordo com informações do site O Antagonista, a defesa de Lulinha argumenta que a Justiça Federal do Paraná era incompetente para autorizar a operação, que realizou busca e apreensão em endereços ligados ao primogênito de Lula, aos irmãos Kalil e Fernando Bittar e ao empresário Jonas Suassuna.

A 69ª fase da Lava Jato investiga repasses financeiros que teriam sido realizados pela Oi/Telemar e pela Vivo Telefônica em favor de empresas do grupo Gamecorp/Gol, controladas por Lulinha.

Segundo o Ministério Público Federal, os pagamentos da Oi/Telemar foram efetuados entre 2004 e 2016 e são superiores a R$ 132 milhões.

*TBN

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *