Efeito Cascata: Juízes e procuradores querem compensação pelo fim do auxilio moradia

JUSTIÇA

O saco parece não ter fundo, graças ao aumento concedido aos Ministros do Supremo Tribunal Federal

Após os ministros do Supremo receberem o generoso aumento de 16% do salario em troca do auxilio moradia, associações ligadas ao  Poder Judiciário e ao Ministério Público,  debatem maneiras ganhar uma compensação, ao menos em parte,  pelo fim do auxílio-moradia.

Existe a possibilidade de criação de um benefício adicional, com a justificativa de compensar a redução de valores nos vencimentos dos servidores. Caso avance, a sugestão deve ser levada ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Registra a Veja.

LEIA MAIS

Opinião: O Jogo sujo do STF para manter a impunidade no Brasil

+Ineficiente STF deixa que inocentes morram e como recompensa tem aumento Salarial

+Salários de Ministros do STF passarão a R$ 39,2 mil apos aumento de 16% concedido pelo Senado

Os órgãos serão responsáveis por regulamentar casos em que o auxílio-moradia será permitido, após o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, revogar na semana passada liminares de 2014 que garantiram o pagamento do benefício sem restrições.

 

LEIA TAMBÉM:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *