Após o presidente Jair Bolsonaro afirmar que seu governo não comprará doses da vacina chinesa contra a Covid-19, o governador de São Paulo, João Doria, fez um apelo ao presidente.

Em suas redes sociais, Doria pediu a Bolsonaro “que tenha grandeza” e também união “para vencer o vírus”.

A intenção de adquirir as vacinas produzidas pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac foi anunciada pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, nesta terça-feira (21).

Bolsonaro, no entanto, negou a medida e disse que qualquer imunização terá que “comprovada cientificamente pelo Ministério da Saúde e certificada pela Anvisa”. O presidente também disse que “o povo brasileiro não será cobaia de ninguém”.

Ao comentar as declarações de Bolsonaro, João Doria disse querer salvar os brasileiros.

– Peço ao presidente Jair Bolsonaro que tenha grandeza. E lidere o Brasil para a saúde, a vida e a retomada de empregos. A nossa guerra não é eleitoral. É contra a pandemia. Não podemos ficar uns contra os outros. Vamos trabalhar unidos para vencer o vírus. E salvar os brasileiros – escreveu.

*Pleno News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Talvez você queira saber disso

Caetano seu deu mal e foi cancelado pela Lacrosfera

Artista declaradamente defensor de posicionamentos de esquerda e “exaltado” por grande parte…

Fausto Silva é internado no Albert Einstein

Após sentir fortes dores na perna e inchaço, o apresentador Fausto Silva,…

Trump posta vídeo de entrevista do Allan do Santos fazendo graves acusações aos sistemas de urnas eletrônicas

Vídeo: O Jornalista brasileiro Allan dos Santos foi entrevistado em um canal…

Globo se da mal e é processada em mais de R$ 600 milhões

A Rede Globo está envolvida em mais uma disputa judicial relacionada aos…

Marido errático é o novo termo para quem espanca a mulher

O verbo sofismar pode não aparecer com frequência no vocabulário popular brasileiro,…

Em sessão do STF, Toffoli aparece com marcas no rosto

Nesta quarta-feira (25), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli,…