Doria estudo falir os comerciantes com novo lockdown, colocando o estado na fase vermelha

PUBLICIDADE

O governo João Doria, que prometeu não fazer lockdown, já avalia colocar todo o estado de São Paulo em “fase vermelha” durante o Natal e o Réveillon.

O governo estuda colocar todo o Estado na fase vermelha do Plano São Paulo nos dias 25, 26 e 27 de dezembro e nos dias 1, 2 e 3 de janeiro para tentar conter o avanço de casos de covid-19.

A decisão final será tomada em uma reunião do Centro de Contingência com o secretários, na manhã desta terça-feira, no Palácio dos Bandeirantes.

Com a medida, somente comércios essenciais (como padarias, mercados e farmácias) poderão funcionar nesses dias entre o Natal e o réveillon. Bares e restaurantes, por exemplo, não poderão abrir as portas.

Já está definido, e será anunciado nesta terça-feira, que a região de Presidente Prudente retornará amanhã para a fase vermelha, a mais restritiva, por causa do avanço nos casos e da falta de leitos de UTI.

Só hoje houve a confirmação de mais nove casos na cidade de Presidente Prudente – há ainda 73 pessoas hospitalizadas e um total de 182 mortes.

Também será anunciado que durante o mês de janeiro haverá uma “trava” que impedirá que as regiões passem para a fase verde, que é mais branda nas medidas de isolamento.

Além disso, o governo estadual destaca que os prefeitos poderão ser mais restritivos, com base na situação local e seguindo decisões do Supremo Tribunal Federal.

*TBN

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *