PUBLICIDADE

Comitê de cerimônia de inauguração do Congresso americano vota contra resolução para reconhecer Joe Biden como presidente eleito

O Comitê Conjunto do Congresso dos EUA para Cerimônias de Abertura votou contra uma resolução que reconhece Joe Biden como presidente eleito. O Comitê Inaugural decidiu esperar por respostas legais de todos os processos que estão em andamento nas cortes estaduais e na Suprema Corte dos EUA.

De acordo com vários membros do painel bipartidário, eles devem aguardar os resultados das ações judiciais que a equipe da campanha do Presidente Donald Trump e outros republicanos continuam a exercer, questionando os resultados das eleições de 3 de novembro.

Há três republicanos e três democratas nos painéis da Câmara e do Senado, incluindo a presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi (Democrata), e o líder da minoria na Câmara, Kevin McCarthy (Republicano) , Líder da maioria no Senado, Mitch McConnell (Republicano), e o líder da maioria na Câmara, Steny Hoyer (Democrata). Os senadores Roy Blunt (Republicano) e Amy Klobuchar (Democrata) também fazem parte do comitê.

Aguardando decisões judiciais

Os republicanos disseram que tomaram a decisão porque há processos eleitorais que devem primeiro se desenrolar antes que um presidente eleito possa ser decidido.

“Não é função do Comitê Conjunto do Congresso para Cerimônias de Abertura antecipar o processo eleitoral e decidir quem vamos inaugurar”, disse Blunt em um comunicado subsequente.

McConnell, falando aos repórteres, disse que o Colégio Eleitoral se reúne para eleger o Presidente dos EUA em 14 de dezembro.

“Isso se tornou um ritual semanal. O Colégio Eleitoral se reunirá no dia 14 e dará uma votação, e seremos empossados ​​pelo próximo Presidente em 20 de janeiro”, disse McConnell no Capitólio.

*conexão política

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *