A Justiça de São Paulo determinou o bloqueio de R$ 29,4 milhões em bens do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em um processo no qual o gestor é réu por suspeita de improbidade administrativa quando ainda era prefeito de São Paulo.

A decisão, da 14ª Vara da Fazenda Pública do estado de São Paulo, foi determinada na segunda-feira (19) e divulgada nesta terça-feira (20).

Doria foi acusado em 2018 pelo MP paulista por improbidade devido a suposta prática de propaganda irregular do programa “Asfalto Novo”, da Prefeitura da capital.

Ao todo, os promotores apontaram um prejuízo de R$ 29 milhões aos cofres públicos.

O MP indicou que Doria teria causado danos aos cofres ao autorizar despesas não previstas em lei e por ferir o princípio da impessoalidade, que prevê que não se pode confundir a administração com a figura pessoal dos administradores.

Em nota, os advogados que defendem Doria afirmaram que não concordam com a indisponibilidade de bens e que irão recorrer da decisão.

– A defesa de João Doria não concorda com os motivos e fundamentos invocados pelo magistrado para decretar a indisponibilidade dos seus bens, especialmente porque Doria jamais dilapidaria o seu patrimônio para evadir-se das suas responsabilidades. A defesa recorrerá ainda esta semana ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para reverter a decisão que tem caráter liminar – afirmam os defensores.

Protocolada pelo promotor Nelson Sampaio de Andrade, da Promotoria do Patrimônio Público, a ação apontou que Doria usou verba pública em atos de publicidade do programa de recapeamento com o único objetivo de se promover.

Em agosto, Doria já havia sido condenado a pagar R$ 600 mil por improbidade ao usar o slogan “Acelera, São Paulo” para promoção pessoal.

*Pleno news

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Talvez você queira saber disso

Delegada afirmou que o crime no Carrefour não foi racismo

A delegada responsável pela investigação do homicídio de João Alberto Silveira Freitas,…

As evidencias de Fraude nas eleições dos EUA são apresentadas pela equipe de TRUMP durante coletiva

A grande mídia e a campanha de Biden reclamaram que a campanha…

Justiça para Rhuan: Mãe e companheira são condenadas a 129 anos de prisão

A Justiça do Distrito Federal condenou, nesta quarta-feira (25), as duas mulheres…

Com ajuda de Lewandowski Lula vai poder ter mais acesso nas “delações da Odebrecht”

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), ampliou o acesso…

Verdevaldo é censurado

Nesta quinta-feira (29), o jornalista americano Glenn Greenwald, co-fundador do jornal online…

#ERRAMOS# É falso que ‘ataque hacker’ ao TSE revelou insegurança ou fraude nas urnas

MATÉRIA CORRIGIDA AGENCIA LUPA—————————————————– Circula pela redes sociais uma informação de que…