Prefeito afirmou que sua gestão cortou benefícios de empresas que podem ter contribuído com Eduardo Paes

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), disse em entrevista ter certeza de que houve compra de votos durante o 1° turno das eleições municipais do Rio.

Em uma conversa com a jornalista Rachel Sheherazade, do site Metrópoles, o gestor afirmou que diversas empresas querem a volta de Eduardo Paes para a Prefeitura local.

– Boca de urna é uma montoeira de dinheiro que se coloca na rua para comprar o voto. Tem, no cenário político, um tempo melhor para comprar votos do que este, de pandemia? As pessoas estão sem um tostão – afirmou.

Crivella ainda citou diversas ações tomadas por ele durante sua gestão que teriam motivado uma oposição por parte de grandes empresas pela sua administração e uma proximidade maior ao concorrente Eduardo Paes, como a retirada de R$ 150 milhões de verbas públicas municipais para o Grupo Globo.

– Eu acabei com o pedágio da Linha Amarela, era R$ 1 milhão por dia, você acha que esses empresários não ajudaram o Eduardo Paes? Eu tirei R$ 150 milhões da Globo, o Eduardo deu 150 milhões para a Globo e eu não dei – declarou.

*Pleno News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Talvez você queira saber disso

CORRUPÇÃO NO CEARA: 1 milhão escondidos na cueca do irmão do prefeito (PSD) para comprar votos

Na manhã deste sábado (28), a Polícia Civil prendeu, em Caucaia, na…

A queridinha dos lacradores perde eleição em Porto Alegre

Com 97,79% das seções apuradas, foi eleito o candidato à Prefeitura de…

PT no fundo do poço

Derrota amarga! PT fica sem nenhuma capital pela 1ª vez Com a…

Prefeito petista aumenta próprio salário após se reeleger

O prefeito da cidade acreana de Mâncio Lima, Isaac Lima (PT), aumentou…

Delegado vence candidato petista em Vitória(ES)

Com 94,04% das urnas apurada, o candidato do Republicanos à prefeitura de…

Trump quer o FBI na investigação eleitoral dos EUA

O presidente dos EUA, Donald Trump, deu sua primeira entrevista pós-eleitoral, confirmando…