PUBLICIDADE

MTur, Ramos, Olavo e 2022

Mar­celo Álvaro Antônio é De­pu­tado Fe­deral por Minas Ge­rais re­e­leito com 230.008 votos, foi no­meado pelo Pre­si­dente Bol­so­naro para o Mi­nis­tério do Tu­rismo e, desde então, vem ocu­pando man­chetes de jor­nais ro­ti­nei­ra­mente.

Nos úl­timos dias, as no­tí­cias cir­cu­laram em torno de sua de­missão do mi­nis­tério, com en­vol­vi­mento de ou­tros nomes do alto es­calão in­ter­fe­rindo na de­cisão de Jair Bol­so­naro.

A ín­tegra da men­sagem de Mar­celo es­tará no final desta no­tícia, mas o que ganha des­taque neste caso é o eco de avisos e mais avisos do Pro­fessor e Fi­ló­sofo Olavo de Car­valho sobre as po­si­ções dos que cercam o Pre­si­dente da Re­pú­blica.

O Ge­neral Luiz Edu­ardo Ramos é, junto a ou­tros mi­li­tares in­te­grantes do Go­verno, alvo de di­versas crí­ticas de Olavo, que os acusa de serem po­si­ti­vistas, ali­nhados a co­mu­nistas li­gados ao Foro de São Paulo e diz ainda a res­peito de in­ver­sões de va­lores desses mesmos ge­ne­rais a seu res­peito, quando acusam o fi­ló­sofo de tentar “que­brar a uni­dade” – lembro-vos que o pro­fessor co­nhece de cor e sal­teado a his­tória dessa tur­minha.

Na men­sagem que o ex-mi­nistro en­viou no grupo de What­sApp, ele cor­ro­bora com essas de­nún­cias de Olavo de Car­valho, uma vez que deixa clara a in­ter­fe­rência do Se­cre­tário de Go­verno, que é co­nhe­cido jus­ta­mente por sua ar­ti­cu­lação com o Cen­trão, “en­tre­gando tudo”; dessa vez foi o MTur.

O que pre­o­cupa e deixa o ce­nário ainda mais com­pli­cado são os ru­mores sobre a eleição da Pre­si­dência da Câ­mara, pois Ro­drigo Maia, que não pode ser can­di­dato à re­e­leição, ar­ti­cula seu su­cessor e se­guindo a linha das no­tí­cias que foram vei­cu­ladas MDB, PSDB, DEM, Ci­da­dania, PV e – pasmem – PSL, que so­mados contam com 147 con­gres­sistas, estão fe­chados com o nome que Ro­drigo in­dicar.

Já o pre­si­dente Jair Bol­so­naro pa­rece apoiar o nome de Arthur Lira (PP), que conta com o apoio do PP, PL, PSD, So­li­da­ri­e­dade, Avante, PROS, Pa­triota e PSC, que somam 160 de­pu­tados. Mar­celo tem uma ca­deira pelo PSL e re­torna agora para o Con­gresso: como vo­tará o ex-mi­nistro?

O nome do novo Mi­nistro do Tu­rismo é Gilson Ma­chado, então pre­si­dente da Em­bratur. A in­for­mação foi vei­cu­lada por Edu­ardo Bol­so­naro em sua conta no Twitter às 18h25min da úl­tima quarta-feira.

Ficam os ques­ti­o­na­mentos: essa en­trega do Go­verno para o Cen­trão está de fato acon­te­cendo? Se sim, Jair con­corda? Olavo tem razão? Caso a res­posta seja afir­ma­tiva, por que não o es­cutam? Mar­celo está certo? Ramos é re­al­mente um “traíra”? A di­reita vai se unir e falar a mesma língua?

O que sa­bemos é que 2022 está ba­tendo à porta e se essa ba­gunça con­ti­nuar… as elei­ções mu­ni­ci­pais desse ano nos deram um pa­no­rama ini­cial do grande pro­blema que po­derá surgir.

MEN­SAGEM DE MAR­CELO EM UM GRUPO DE WHAT­SAPP

“Caros co­legas, de an­temão peço des­culpas por uti­lizar este es­paço com ob­je­tivo que não seja a cons­trução de um Brasil me­lhor.

Mi­nistro Ramos, sin­ce­ra­mente não sei onde o Sr es­tava nos anos 2016, 2017, 2018…

Mas eu, junto ao Mi­nistro Onix e ou­tros mem­bros do go­verno, já es­tava na Câ­mara do De­pu­tados ar­ti­cu­lando em favor da então can­di­da­tura do Pre­si­dente JB (em um mo­mento que quase nin­guém acre­di­tava na eleição dele). Na oca­sião da cam­panha, per­corri TODAS as re­giões do es­tado de MG de carro para or­ga­nizar as ações da cam­panha, dor­mindo na mai­oria das vezes 4 / 5 horas por noite, le­vando as pes­soas a mi­noria a acre­ditar que pre­ci­sá­vamos dele para mudar o Brasil (a mai­oria na­quele mo­mento já acre­di­tava).

Quem es­tava na cam­panha eram os con­ser­va­dores que hoje o se­nhor ataca sem parar, de forma co­varde.

Quando in­di­cado ao Pre­si­dente pelo mi­nistro Onix, pro­curei in­can­sa­vel­mente honrar nosso Ca­pitão à frente do Mi­nis­tério do Tu­rismo. O tra­balho me pa­rece que surtiu efeito… Em 2019 vi­vemos o me­lhor mo­mento da his­tória do mi­nis­tério:

– En­quanto a pró­pria eco­nomia (PIB) cresceu 1,1% a eco­nomia do Tu­rismo cresceu 2,6 (mais que o dobro);

– Ge­ramos 163% a mais de em­pregos que o mesmo pe­ríodo do ano an­te­rior;

– Com a ajuda do Ita­ma­raty e da As­ses­soria In­ter­na­ci­onal do Pre­si­dente, isen­tamos de vistos quatro países es­tra­té­gicos EUA, Japão, Ca­nadá e Aus­trália, isso nos per­mitiu bater al­guns re­cordes, pela pri­meira vez na his­tória Ca­ta­ratas do Iguaçu ul­tra­passou a bar­reira de 2 mi­lhões de vi­si­tantes em 2019;

– A trans­for­mação da EM­BRATUR em uma agência de pro­moção in­ter­na­ci­onal (um pleito de mais de 10 anos) vai sem dú­vida em médio prazo trazer grandes re­sul­tados;

– Fui a Madri em bate e volta, fiz três reu­niões, re­sul­tado: Con­se­guimos atrair o Wa­kalua, o maior hub de ino­vação e tec­no­logia em so­lu­ções para o tu­rismo do mundo, o es­cri­tório será aberto no pró­ximo se­mestre (vai nos trazer GRANDES avanços);

Con­se­guimos atrair a Air Eu­ropa para operar no Brasil (Já ho­mo­lo­gada pela ANAC); Con­se­guimos atrair o Es­cri­tório da Or­ga­ni­zação Mun­dial do Tu­rismo (OMT), será ins­ta­lado no RJ, ação que vai co­locar o Brasil na vi­trine dos in­ves­ti­mentos do tu­rismo no mundo.

– Na pan­demia as ações do Mi­nis­tério do Tu­rismo (junto ao ME) foram alvo de gra­tidão e re­co­nhe­ci­mento desde os mai­ores em­pre­sá­rios do Trade tu­rís­tico até os mais sim­ples Guias de Tu­rismo.

Enfim, dito isso, não me ad­mira o Sr Mi­nistro Ramos ir ao PR pedir minha ca­beça, a en­trega do Mi­nis­tério do Tu­rismo ao Cen­trão para obter êxito na eleição da Câ­mara dos De­pu­tados.

Mi­nistro Ramos, o Sr entra na sala do PR co­me­mo­rando al­gumas apro­va­ções in­sig­ni­fi­cantes no Con­gresso, mas não diz o ALTÍSSIMO PREÇO que tem cus­tado, co­nheço de par­la­mento, o nosso go­verno paga um preço de apro­va­ções de ma­té­rias NUNCA VISTO ANTES NA HISTÓRIA, e ainda assim (na minha ava­li­ação), não temos uma base só­lida no Con­gresso Na­ci­onal, (tanto que o Sr pede minha ca­beça pra tentar re­solver as elei­ções do par­la­mento, ironia, pede minha ca­beça pra su­prir sua pró­pria de­fi­ci­ência)…

Nem por isso Mi­nistro Ramos, fui ao PR pra dizer que o Sr não ca­pa­ci­dade pra atuar em tal função, AO CONTRÁRIO, vá­rias vezes ofe­reci ajuda pra que o Sr ti­vesse êxito em suas atri­bui­ções (ex: Con­tra­tação do Carlos Hen­rique, abrindo es­paços no MTur).

SOMOS UM TIME PELO BRASIL, o Sr de­veria ter apren­dido na sua pró­pria for­mação mi­litar que não se joga um com­pa­nheiro de guerra aos ini­migos, não se pode atirar na ca­beça de um aliado…

Mi­nistro Ramos, o Sr é exemplo de tudo que não quero me tornar na vida, quero chegar ao fim da minha jor­nada EXA­TA­MENTE como meus pais me en­si­naram, LEAL aos meus com­pa­nheiros e não um traíra como o se­nhor.

Tenha um Bom dia!”  

*Revista Oeste

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *