Connect with us

‘Cidadão desqualificado’ diz Boulos sobre Weintraub



OPINIÃO

‘Cidadão desqualificado’ diz Boulos sobre Weintraub

Guilherme Boulos concedeu entrevista nesta quarta- feira (14) e disparou ataque ao ministro da educação.

Boulos disse que que Weintraub “mentiu descaradamente” em suas declarações sobre Freire quando o ministro participou do programa da Jovem Pan no início do mês.

“Weintraub mentiu descaradamente, é um mentiroso. Ele desinformou porque disse que em nenhum país do mundo se adota o Método Paulo Freire, posso citar vários, mas vou falar de um só, que é o que ele mais admira: Estados Unidos. A escola de ensino médio público melhor avaliada no Massachusetts usa o Método Paulo Freire”, afirmou Boulos.

O líder MTST ainda disse que Freire é o autor mais citado academicamente na área de humanidades em todo o mundo.

“Aí vem o seu Weintraub, o cara que confunde Kafka com kafta; que grava um vídeo patético dentro do gabinete dele com um guarda- chuva; que erra conta com bombom, querer tratar Paulo Freire com desprezo.Esse cara não está à altura do MEC. O Ministério da Educação é muito maior do que um cidadão desqualificado como Weintraub”, completou.

Guilherme Boulos negou que a “sombra” de Lula atrapalha o surgimento de novos líderes na esquerda brasileira. “Sucessão na História não se faz pedindo licença, as pessoas se afirmam.

Do meu ponto de vista, não é uma avaliação correta dizer que a esquerda não se renovou porque o Lula não deixou. Processos de renovação e novas lideranças se constroem.”

As informações são da Jovem Pan.

Leia Mais:

2 Comments

2 Comments

  1. José Maria

    agosto 14, 2019 at 2:55 pm

    O desqualificado que esse tal cita, é formado em duas faculdades, é professor em uma, e o invasor de propriedades alheias é proibido de entrar em universidades para dar supostas palestras, pois o povo não aguenta mais mentiras de comunistas desocupados por profissão.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in OPINIÃO

To Top