China ameaça Eduardo Bolsonaro

PUBLICIDADE

China diz que Eduardo tem “produzido uma série de declarações infames”.

Em tom de ameaça, a embaixada da China no Brasil enviou um alerta, nesta terça-feira (24), ao deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). 

Na noite de segunda-feira (23), Eduardo escreveu uma série de mensagens no Twitter com alertas sobre uma possível espionagem chinesa através da tecnologia 5G

No texto, o filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que o governo brasileiro havia declarado apoio a uma “aliança global para um 5G seguro, sem espionagem da China”. 

Horas antes da resposta da embaixada chinesa, Eduardo deletou a publicação.

Em nota oficial, a embaixada chinesa alertou: 

“Na contracorrente da opinião pública brasileira, o dep. Eduardo Bolsonaro e algumas personalidades têm produzido uma série de declarações infames.” 

E acrescentou: 

“Instamos essas personalidades a deixar de seguir a retórica da extrema direita norte-americana, cessar as desinformações e calúnias sobre a China e a amizade sino-brasileira, e evitar ir longe demais no caminho equivocado.” 

Pequim completou: 

“Caso contrário, vão arcar com as consequências negativas e carregar a responsabilidade histórica de perturbar a normalidade da parceria China-Brasil.” 

*Renova Midia

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *