Cabral é condenado a mais 11 anos de prisão; pena já ultrapassa 332 anos

PUBLICIDADE

O ex-governador Sérgio Cabral foi condenado nesta segunda-feira (11) a 11 anos e 3 meses de prisão por corrupção passiva, em um processo decorrente da Operação C´est Fini, desdobramento da Lava Jato no Rio. 

Esta gostando do nosso conteúdo? Entre no nosso grupo do Telegram e receba nossas noticias em primeira mão.

Com isso, as penas do ex-governador chegam a 332 anos, 5 meses e 16 dias de prisão. Esta é a 17ª vez que Cabral é condenado na Lava-Jato.

Em nota, a defesa do ex-governador informou que “a sentença reconheceu a condição do ex-governador como colaborador da justiça, mas a defesa vai recorrer pois não concorda com as penas aplicadas”.

Esta gostando do nosso conteúdo? Entre no nosso grupo do Telegram e receba nossas noticias em primeira mão.

Também foram condenados no processo:

  • Wilson Carlos, que foi secretário de Governo de Cabral – 14 anos e 2 meses de prisão
  • Carlos Bezerra, operador financeiro – 7 anos e 9 meses de prisão
  • Henrique Ribeiro, que foi presidente do Departamento de Estradas de Rodagem do Rio (DER-RJ) no governo Cabral – 20 anos, 9meses e 25 dias de prisão
  • Lineu Castilho, foi chefe de gabinete de Henrique Ribeiro no DER-RJ – 16 anos, 6 meses e 25 dias de prisão

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *