Cronograma de Carga e Lacração – preparação da urnas para o 2° turno das Zonas Eleitorais do Paraná – Tags: eleições2018, eleições, voto, sulfrágio, Tribunal, urna eletronica. Fotos: André Rodrigues

MATÉRIA CORRIGIDA AGENCIA LUPA—————————————————–

Circula pela redes sociais uma informação de que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sofreu um ataque hacker hoje (15), o que “comprovaria” insegurança e fraude nas urnas. Por WhatsApp, leitores da Lupa sugeriram que este conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação.

“Após negar ataque, TSE tem bancos de dados expostos por hackers em dia de eleição.TSE acaba de ser hackeado. O Tribunal negou o ataque e aí os hackers expuseram o banco de dados em dia de eleição. Pode confiar nas urnas eletrônicas, viu amiguinho. Voto impresso já!”
Texto em imagem que circula no WhatsAppFALSO

A informação verificada pela Lupa é falsa. Não há evidências de que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tenha sofrido um ataque hacker bem sucedido com vazamentos de dados hoje (15). O que houve foi uma tentativa de ataque com acessos em massa, para derrubada do sistema do TSE — o que não envolve sequestrar dados, apenas sobrecarregar o sistema. Essa ação foi neutralizada. Além disso, durante a votação, as urnas não ficam em rede, e, portanto, não seriam afetadas mesmo que o ataque fosse bem sucedido.

Paralelamente, um banco de dados antigo do TSE foi divulgado por um perfil anônimo, identificado como CyberTeam, no Facebook e no Twitter. “15/11/2020 dia de eleição, e também um dia de vazamento do banco de dados do TSE”, diz a publicação. Em seguida, a mesma página publicou que o tráfego do suposto banco de dados vazado teria causado instabilidade em plataformas do Tribunal.

Em coletiva de imprensa, o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, negou que esse vazamento tenha ocorrido hoje. Ele disse que o vazamento era apurado e afirmou que eventuais ataques cibernéticos não causam risco à votação, já que as urnas não funcionam em rede. Posteriormente, o TSE confirmou que o vazamento foi anterior a 26 de outubro, mas não precisou a data em que o ataque ocorreu. Segundo o portal TecMundo, os dados são de entre 2001 e 2010, mas a Justiça Eleitoral não confirma essa informação.

Além disso, Barroso reforçou que as urnas não operam na rede que foi atacada de forma mal sucedida neste domingo. “Sempre lembrando que as urnas já estão inseminadas e guardadas e estão todas elas fora das redes. Então eventuais ataques cibernéticos não tem condão de afetar o processo de votação, porque as urnas não funcionam em rede. Portanto, não há esse risco”, afirmou.

————————————————–/E FALSO QUE/——————————

Hoje, 15/11, dia de eleições municipais, o grupo hacker Cyber Team anunciou que invadiu os servidores do TSE, e para comprovar o ato, expôs uma base de dados da entidade.

O Cyber Team, junto com o grupo Noias do Amazonas (NDA), já estava realizando vários ataques de defacement contra órgãos públicos no Brasil afora, incluindo alguns dos órgãos atacados recentemente, como o CNJ, TJPA e o DATASUS do Ministério da Saúde.

O grupo publicou uma mensagem no site Doxbin com a estrutura de algumas bases de dados supostamente pertencentes ao TSE. E deixou a mensagem abaixo:

15/11/2020 dia de eleições, e também um dia de vazamento da base de dados do TSE, no link que deixamos disponível existem 7 arquivos (.txt) com dados de utilizador de diferentes sistemas, vale lembrar que a base de dados pertence ao domínio oficial do TSE, isso significa que todos os sistemas relacionados ao TSE acabam de ter as suas credências comprometidas, resumindo; as credenciais pertencem a todos os domínios estaduais do TSE. (sejam felizes!)
Apenas para que fique esclarecido ao público, a segurança do TSE foi comprometida logo após ser anunciado pelo TSE que a segurança tinha sido reforçada, devido ao ataque efetuado no STJ e nos outros domínios do Ministério da Justiça. Isso só prova que os gastos milionários do governo, não serviram para porra nenhuma.
Observação: o CyberTeam e os nossos aliados não estamos envolvidos com os ataques ao STJ, e sobre a nossa invasão aos servidores (*.saude.gov.br) do Ministério da Saúde e todos os outros domínios do Ministério da Justiça, nós só upamos um arquivo .html (arquivo web), para zuar, protestar e para demonstrar a vulnerabilidade. (just for fun)
Para relembrar, algumas das nossas atividades recentes contra os Ministérios, lista; TJMSP – CNJ – TJPA – TJMG – DATASUS – SAÚDE – etc 🙂

PS (adicionado em 15/11 as 11:50): As vozes na minha cabeça não cansam de repetir as cenas dos próximos capítulos:

  1. Assim que a notícia espalhar, jornalistas vão questionar s segurança das eleições e da urna eletrônica;
  2. Como sempre, o TSE vai dizer que a urna é segura. Não vão mostrar provas disso, mas vão repetir o argumento de que nunca houve fraude comprovada (fácil, né, já que o sistema e a votação não podem ser auditados abertamente) e vão dizer que a urna já passou por diversos testes públicos de segurança (nessa hora vão esquecer de falar que o TSE controla o escopo de testes, limita o tempo que as equipes tem para testar as urnas, e controlam a divulgação dos resultados);
  3. O grupo Cyber Team vai ganhar bastante atenção, muito mais do que conseguiram nos ataques do início do mês. Em breve vão conhecer a democracia de perto, bem de perto, batendo na porta de suas casas.

*https://anchisesbr.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Talvez você queira saber disso

As evidencias de Fraude nas eleições dos EUA são apresentadas pela equipe de TRUMP durante coletiva

A grande mídia e a campanha de Biden reclamaram que a campanha…

URGENTE: Crime eleitoral no CEARÁ envolvendo Irmão de Naumi Amorim, candidato de Ciro Gomes

A Polícia Civil do Ceará prendeu cinco homens suspeitos de crime eleitoral…

Delegada afirmou que o crime no Carrefour não foi racismo

A delegada responsável pela investigação do homicídio de João Alberto Silveira Freitas,…

Nova turma de delatados acaba de sair do forno

Na úl­tima quinta-feira (26) a Pro­cu­ra­doria Geral da Re­pú­blica fe­chou com o…

Mulher por é presa por suposta participação em assalto de Criciúma

A Polícia Civil de São Paulo prendeu na manhã desta quarta-feira (2),…

Justiça para Rhuan: Mãe e companheira são condenadas a 129 anos de prisão

A Justiça do Distrito Federal condenou, nesta quarta-feira (25), as duas mulheres…