A Lava Jato é alvo de ataques e teorias da conspiração diz Deltan Dallagnol

PUBLICIDADE

“Não é de hoje que a Lava Jato sofre ataques, com teorias da conspiração e informações não confirmadas”, diz Dallagnol.

Os procuradores da República integrantes da operação “Lava Jato”, em Curitiba, divulgaram, nesta quarta-feira (1º), uma nota repudiando a acusação de que a força-tarefa investiga pessoas com foro privilegiado.

A nota de esclarecimento também diz que a imprensa alimenta-se de notícias falsas sobre a Lava Jato, com o nítido propósito de desmontar o trabalho das forças-tarefas de combate à corrupção.

Em mensagem no Twitter, o procurador Deltan Dallagnol compartilhou a nota, e escreveu:

“Não é de hoje que a Lava Jato sofre ataques, com teorias da conspiração e informações não confirmadas sem qualquer base na realidade.”

Dallagnol acrescentou:

“Nosso trabalho está sujeito –e sempre esteve– à fiscalização do Poder Judiciário em várias instâncias e da própria estrutura funcional do MPF.”

A equipe do procurador-geral da República, Augusto Aras, vem procurando possíveis inconsistências e erros em denúncias apresentadas pela Lava Jato.

A suspeita é de que políticos podem ter tido sigilos quebrados de maneira irregular pela força-tarefa, segundo reportagem recente.

Até agora, no entanto, não há provas de que de fato os nomes camuflados em denúncias possam ter sido todos investigados pela Lava Jato. É isso que a PGR em Brasília agora tenta descobrir.

Informação Renova Midia,

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *