A CASA ESTA CAINDO: Secretario de Doria e preso pela Lava Jato

PUBLICIDADE

O secretário de Transportes do governo João Doria, Alexandre Baldy (PP-GO), foi preso na manhã desta quinta-feira, 6, no âmbito da Operação Dardanários, desdobramento da Lava Jato.

Conforme a Polícia Federal (PF), a investigação mira irregularidades entre empresários e agentes públicos para fraudar licitações, sobretudo na área da Saúde.

Baldy foi deputado federal por Goiás e ministro das Cidades no governo Temer. Em 2018, foi escolhido por João Doria para assumir a pasta dos Transportes do Estado.

De acordo com a Justiça, ele responde por atos suspeitos antes de ingressar na gestão tucana e comprometer-se a administrar o metrô paulistano e a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos.

Até o momento, três pessoas foram presas, entre elas o pesquisador da Fiocruz Guilherme Franco. Dessa forma, os suspeitos responderão pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Agentes cumprem seis mandados de prisão e 11 de busca e apreensão em Petrópolis (RJ), São Paulo capital, São José do Rio Preto (SP), Goiânia e Brasília, informou a Revista Oeste.

Compartilhe isso:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *